Blog

Canais do Roku: como criar, quanto custará e como monetizar

O Roku está dominando o mercado de dispositivos de streaming. Aqui mostramos como você pode criar um canal Roku e aproveitar o rápido crescimento da procura da visualização por OTT.

post-ft-image

O streaming OTT (por suas siglas em inglês) é o futuro dos meios de entretenimento e com mais de 32 milhões de usuários mensais ativos no mundo todo, o Roku é pioneiro.

De acordo com os dados mais recentes da Park Associates, quase 40% de todos os usuários dos aplicativos OTT no mundo todo transmitem através de um dispositivo Roku. Então, se você é um editor de conteúdo que deseja sobreviver em 2020, e mais para frente, lançar um canal Roku teria que estar no topo da sua lista de deveres.

Porém, desenvolver e lançar o seu próprio canal não é fácil, até para os programadores e desenvolvedores mais experientes. Se você está procurando começar um, isto é o que necessita saber.

O que é o Roku?

O Roku é uma linha de produtos (fabricados pela companhia Roku) que permite que os espectadores transmitam conteúdo da Internet diretamente para suas televisões. A linha de produtos da empresa inclui o streaming stick, as caixas de streaming e as Smart TVs com tecnologia de streaming integrada.

O Roku OS é um software que é executado nesses dispositivos e proporciona acesso a mais de 5.000 canais (tanto gratuitos quanto pagos), dependendo da região. Os telespectadores não apenas podem transmitir seus filmes favoritos e os últimos programas de televisão de serviços como a Netflix, o Amazon Prime Video e a Apple TV+, como também podem assistir os esportes ao vivo e ficar sabendo das notícias do dia em canais como ESPN, BBC Sports, CBS News e Newsy.

Por que você deveria criar um canal Roku?

Criar e lançar um aplicativo OTT pode ser uma decisão comercial lucrativa. O sucesso da Netflix, da Disney+ e do Amazon Prime pode comprovar isso. Mas, de todas as plataformas OTT, por que escolher o Roku?

O Roku destaca-se como uma opção evidente, já que é uma das maiores plataformas de streaming dos Estados Unidos. Com mais de 32 milhões de usuários mensais ativos, a plataforma tem um alcance equivalente aos maiores fornecedores de tevê a cabo nos Estados Unidos. Está claro que a visualização da televisão está mudando as plataformas de streaming, e o Roku está dominando o mercado.

Construir um canal Roku pode te ajudar a atingir audiências que já não existem na televisão tradicional e construir um canal lucrativo através de assinaturas e publicidade. Inclusive você pode obter acesso aos dados de propriedade exclusiva do Roku para maximizar a experiência do usuário e alavancar ingressos por publicidade.

Como fazer um canal Roku

O Roku é uma plataforma aberta, ou seja, qualquer um pode criar um canal para compartilhar o seu conteúdo, seja ele pública ou privadamente. Existem dois métodos principais para construir um canal de streaming:

Método 1: Desenvolvedor SDK do Roku
Método 2: Direct Publisher do Roku

Método 1: Desenvolvedor SDK do Roku

Se você deseja um canal personalizado, a solução mais fácil é terceirizar seu projeto para um desenvolvedor especializado ou uma empresa como Zemoga. Um profissional experiente, ou uma equipe de profissionais, projetará e desenvolverá um canal de acordo com as suas especificações exatas utilizando a ferramenta SDK do Roku, especificamente projetada para ajudar os desenvolvedores a criarem um canal personalizado do zero. Se você decidir criar uma equipe interna, tenha em mente que o método “SDK” requer conhecimentos técnicos significativos, incluída a experiência com o framework Scenegraph e a linguagem de codificação de propriedade do Roku “BrightScript“, por isso que orçamentar isto pode ser mais caro do que procurar uma empresa com experiência.

Dependendo da escala do seu projeto, este método pode demorar entre 3 e 6 meses em ficar completo e costuma ser mais caro. Os editores, ao escolherem criar um canal SDK personalizado, estão priorizando a experiência do usuário e a monetização a longo prazo sobre a velocidade do desenvolvimento.

Método 2: Direct Publisher do Roku

O Direct Publisher do Roku está dirigido a permitir aos criadores de conteúdo construírem rapidamente um canal simples sem a necessidade de conhecimentos de codificação ou programação. A seguir será mostrada uma rápida descrição de como começar a usar a plataforma.

Passo 1: Configure uma solução de hospedagem de conteúdo.

Antes de começar, deve carregar o seu conteúdo em um Plataforma de Vídeo Online (OVP, em inglês) ou uma Rede de Distribuição de Conteúdo (CDN, em inglês). Estes são servidores terceiros que hospedam o seu conteúdo de vídeo e enviam para o seu canal Roku.

Paso 2: Crie um “feed” de conteúdo

Quando o seu conteúdo estiver hospedado na Web, o próximo passo importante é criar um feed de todo o conteúdo hospedado. Este é um fragmento de código que contém todos os metadados necessários para reproduzir o seu conteúdo em um dispositivo Roku, como o título, as descrições curtas e longas, o URL do conteúdo, etc. O feed deve estar em um arquivo MRSS, XML ou JSON.

Paso 3: Crie o seu canal Roku com o Direct Publisher.

Após completar os dois primeiros passos, você pode começar a criar o seu canal Roku utilizando a interface do Direct Publisher. Esta ferramenta te guiará através dos passos a seguir para criar o seu canal e publicar o seu conteúdo, mas primeiro deverá completar os seguintes pré-requisitos:

  • Crie uma conta de cliente Roku em my.roku.com/signup
  • Crie uma conta de desenvolvedor do Roku em developer.roku.com
  • Conecte um dispositivo Roku (versão de software 2.7 ou posterior) a uma televisão ou monitor de computador, ou como alternativa, consiga uma televisão com um dispositivo Roku incorporado.

Os editores que escolhem o método Direct Publisher essencialmente escolhem a acessibilidade e a velocidade do desenvolvimento ao invés das características mais avançadas. Por exemplo, o Direct Publisher não pode monetizar o seu canal por meio de compras na tela e de assinantes. É essencialmente um aplicativo pré-fabricado que permite aos criadores de conteúdo subirem vídeos para uma interface de usuário pré-definida. Por si só, o Direct Publisher é uma solução inteligente para pequenas empresas ou para aquelas que recém começam no mundo do streaming.

Custo do desenvolvimento do canal Roku

A companhia Roku em si não cobra nenhum custo de instalação nem cobra uma tarifa mensal para continuar mostrando o seu canal na sua plataforma. Contudo, há custos adicionais associados com o desenvolvimento de um canal Roku e a transmissão do seu conteúdo, que discutiremos a seguir.

Tarifas de configuração

Os custos iniciais de desenvolvimento podem começar desde $1.500 para um canal simples do Direct Publisher. Estes tipos de canais reproduzem vídeos (com anúncios), ainda que não permitam formas tradicionais de monetização, como assinaturas mensais ou anuais. Devido aos seus baixos custos de configuração, os canais do Direct Publisher são a opção ideal para as empresas que procuram transmitir conteúdo gratuito em um canal privado.

Mas se você estiver procurando criar um canal pago que admita assinantes, necessitará um canal SDK para construir o aplicativo do zero. Neste caso, os seus custos dependerão da complexidade do projeto e do calibre da equipe de desenvolvimento com a qual trabalhe ou se associe. Os sócios de desenvolvimento do Roku como Zemoga têm demostrado sucesso desenvolvendo e lançando canais de maneira eficaz na plataforma do Roku (ajudamos a levar o Hulu ao Roku), o que poderia economizar dinheiro a longo prazo.

No entanto, se você não requer o calibre dos desenvolvimentos dentro do canal de sócios de desenvolvimento do Roku, a companhia menciona que os sites por contrato como UpWorks podem funcionar para projetos menores.

Tarifas de hospedagem de conteúdo.

Independentemente do tipo de canal que escolher, o seu orçamento deve levar em conta as tarifas de hospedagem. O Roku permite que você transmita o seu conteúdo desde qualquer provedor de hospedagem de vídeo, incluídas as plataformas de vídeo online (OVP) e as redes de distribuição de conteúdo (CDN).

Os pacotes geralmente são pagos mensalmente ou anualmente, e frequentemente pode obter importantes descontos por escolher um plano mais longo. Os preços dependem principalmente do tamanho da sua empresa, com pacotes de preços segundo a quantidade de usuários e o espaço de armazenamento requerido. Por exemplo, os planos do Vimeo vão de apenas $9/mês para um só usuário (5GB/semana) até $95/mês para mais de 10 usuários e transmissão ao vivo ilimitada.

Para um negócio pequeno e pessoal com não mais de 10 membros na equipe será suficiente com uma OVP, como Vimeo ou Wistia. Entretanto, empresas corporativas médias e grandes serão beneficiadas de um provedor de alto rendimento, que oferece um pacote mais completo, incluindo marketing robusto, ferramentas analíticas, segurança sem compromissos e suporte técnico 24/7.

Monetização do canal Roku

A monetização está integrada na plataforma Roku. Porém, o método de monetização disponível para você também dependerá se você escolher criar o seu canal com o Direct Publisher ou com o Desenvolvedor SDK. Você pode acessar as funções de monetização através do Painel do Desenvolvedor.

Publicidade em vídeo

A publicidade em vídeo é uma das formas mais populares de monetizar um canal Roku e pode ser usada nas plataformas de lançamento Direct Publisher e Desenvolvedor SDK. O Roku oferece dois modelos de ingressos por publicidade em vídeo: Inventory Split ou Revenue Share.

Inventory Split:

Se você iniciou com o Direct Publisher, você entra automaticamente no modelo de Inventory Split do Roku de forma pré-determinada. Isto significa que você (como editor) é responsável de obter e configurar 70% dos seus próprios anúncios. O benefício de fazer isto é que você recebe 100% dos seus ingressos publicitários. Além disso, você tem o controle, o que significa que pode obter anúncios muito relevantes que atrairão o seu público-alvo e terão um impacto mínimo na experiência do usuário. Claro que isto requer muito trabalho. E o Roku se reserva o direito de publicar anúncios de sua própria rede publicitária nos 30% restantes, dos seus canais, dos quais retém 100% dos lucros obtidos. Este modelo pode ser muito rentável para as grandes empresas que já têm uma equipe de vendas de anúncios e estão a par aspectos técnicos e legais do conteúdo de anúncios.

Revenue Share:

O modelo de Revenue Share significa que o Roku administra 100% da publicidade do seu canal e compartilhará 60% dos ingressos netos obtidos com você (menos 15% das tarifas operativas e de serviço). O Roku tentará publicar anúncios relevantes que maximizem os seus lucros monetários. É do maior interesse do Roku manter os espectadores, depois de tudo. Este modelo requer um esforço mínimo por parte do editor e, portanto, é uma excelente opção para empresas pessoais e menores que preferem ficar focadas em criar conteúdo excelente. Só tenha cuidado com o impacto que os anúncios estão tendo em seu UX. O modelo Revenue Share está disponível em ambos sistemas de lançamento.

Roku Pay e Compras de Clientes no Canal

O Roku Pay permite que você venda o acesso do seu conteúdo diretamente através de uma loja no canal com testes gratuitos, tarifas únicas, como também assinaturas mensais e anuais. Para aqueles dispostos a suportar um longo processo de solicitação e aprovação, também existe a opção de vender produtos não consumíveis e consumíveis. Mas leve em conta que o Roku retém 30%.

Atualmente, o Roku Pay só está disponível para aqueles que iniciaram com o Desenvolvedor SDK. É uma excelente maneira de iniciar um canal de pay-per-view, porém é amplamente recomendável não reproduzir anúncios no seu conteúdo PPV, porque diminui a experiência do usuário.

Colocação de Produto

Se você já tiver uma audiência e medições para respaldar seu fluxo de dados, a colocação de produto poderia ser um empreendimento lucrativo para o seu canal. A colocação de produto é quando as companhias pagam para você mencionar, mostrar ou usar o produto deles ou serviço dentro do seu conteúdo. Geralmente isso é visto nos filmes e programas de televisão, como também no Instagram atualmente. Dependendo do tipo de conteúdo que você criar, pode ter oportunidades inerentes para a colocação de produtos. Por exemplo, um canal fitness de sucesso pode descobrir que Lululemon está disposto a pagar para que usem SOMENTE a roupa deles, ou talvez, proporcionará grátis a roupa ou equipamento.

Há muitas formas de monetizar seu canal Roku, e esta não é uma longa lista. Independentemente da estratégia de monetização que escolher, lembre-se de que os dados e as análises estabelecem o rumo do sucesso.

Você está procurando criar um canal Roku personalizado?

Se você estiver procurando construir um canal que te impulsione, entre hoje em contato com Zemoga. Nossos dedicados especialistas OTT se associaram com o Roku desde 2014 para projetar e desenvolver canais Premium. Com uma comprovada metodologia de desenvolvimento do Roku e com a fluidez em todo o framework do Desenvolvedor SDK, o seu canal terá um acabado perfeito e a velocidade para satisfazer a procura dos consumidores de hoje.

Get in touch with us

let’s start building better today

Contact Us